Quinta-feira, 27 de abril de 2017 às 9:48 em Eunápolis
Eunápolis: Várias categorias aderem à greve nacional de sexta-feira

Bancários, professores estaduais e municipais, agentes de saúde, vigilantes, comerciários, motoristas de ônibus e estudantes da região prometem fazer uma grande manifestação na sexta-feira (28) em apoio à greve nacional contra as reformas da Previdência e Trabalhista e contra a Lei da Terceirização.

Os proássionais e estudantes que apoiam a paralisação realizarão uma concentração na Praça Frei Calixto, no centro de Eunápolis, a partir das 7h30 da manhã. Já em Porto Seguro, a APLB/Sindicato marcou a concentração para o Trevo da Rodoviária, a partir das 8h.

 

MÉDICOS TAMBÉM APOIAM - Segundo informações do Sindicato Estadual dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed), os médicos também vão apoiar a mobilização nacional na sexta-feira (28). Apenas 30% dos proássionais da área da saúde continuarão trabalhando para garantir o atendimento a comunidade.

 

 

TRANSPORTE - O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Extremo Sul (Sindirod), Adelson Cirilo, informou que a categoria irá paralisar na sexta-feira (28) em toda a região. "Não haverá transporte urbano, intermunicipal e nem interestadual", informou Adelson.

 

 

COMÉRCIO E ESCOLAS PARTICULARES – Segundo informações do presidente do CDL de Eunápolis, o comerciante Fabrício Ramos, o comércio local estará funcionando normalmente na sexta-feira. Já presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Eunápolis, Solineide Lima, informou que os comerciários, ligados ao sindicato, irão participar da paralisação e da manifestação agendada para às 7h30, na praça Frei Calixto. A maior parte das escolas particulares de Eunápolis deve abrir normalmente. Em uma delas, a Cooeduc, não vai haver aulas.

 

Fonte: radar64

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!